O que é a dermatite atópica?

A dermatite atópica é uma doença alérgica causada pela inflamação crônica e recidivante da pele que determina sintomas de coceira intensa e lesões vermelhas descamativas, geralmente em locais típicos. A doença tem influência importante nas atividades escolares, trabalho e lazer do indivíduo, além de afetar a estrutura familiar. O controle da dermatite atópica requer um cuidado específico contínuo com a pele e a prevenção da exposição aos alérgenos.

Por que acontece a dermatite atópica acontece?

A ocorrência da dermatite átopica é determinada por fatores genéticos, ambientais e do sistema imunológico. As crises da doença se tornam mais frequentes na ausência do cuidado adequado com a pele e na presença de diversos fatores, mais comumente exposição aos alérgenos intradomiciliares como ácaros. Em 85% das vezes se inicia na primeira infância e a associação com a rinite alérgica ou asma é muito frequente, chegando a 70%.

Como é diagnosticada a dermatite atópica?

O diagnóstico da doença é feito pelo exame clínico do médico com avaliação da história e lesões de pele sugestivas da dermatite atópica. Os exames podem ser úteis para mostrar sensibilização aos alérgenos através da detecção de anticorpos chamados de IgE, que podem ser por exemplo ácaros, fungos e mais raramente alimentos, porém sempre devem ser correlacionados com a história clínica para a avaliação se essa sensibilização significa alergia.

Dermatite atópica e problemas na barreira da pele

Os indivíduos que sofrem com a dermatite atópica apresentam alterações da barreira da pele que é composta pelo estrato córneo, ceramidas e gorduras. Quando as funções dessa barreira são perdidas ocorre alteração da permeabilidade e ocorrerá agressão de fatores do ambiente, maior exposição aos alérgenos e perda de água. Um dos pilares do tratamento da dermatite atópica é a restauração dessa barreira através da hidratação adequada com orientação médica. O controle do sintoma de coceira com anti-alérgicos também é importante para evitar lesões de escarificação que pioram a inflamação da pele e podem ser uma via para infecções que são umas das causas de piora da dermatite atópica.

Dermatite atópica e alterações da imunidade

Além de alterações da barreira cutânea, alterações da imunidade fazem parte das causas da dermatite atópica. Fatores e células do sistema imunológico que promovem a inflamação na pele estão aumentados nessa doença, determinados por fatores genéticos e fatores do ambiente. Os alérgenos que penetram na pele em decorrência da diminuição da função da barreira cutânea são capturados por anticorpos produzidos pelo sistema imunológico chamado de IgE, ativando várias células do sistema imune levando a uma cascata de reações que resultarão na inflamação da dermatite atópica.

Quais doenças podem ser similares a dermatite atópica?

O médico Alergista e Imunologista também irá diferenciar a dermatite atópica de doenças de pele similares como dermatite de contato, dermatite seborreica, e de outras doenças causadas por defeitos da imunidade, geralmente com sintomas mais graves. É importante lembrar que o acompanhamento e tratamento adequado de doenças alérgicas que geralmente se associam à dermatite atópica como a rinite alérgica e/ou asma é essencial para a promoção da saúde e qualidade de vida como um todo.

Referência: http://www.asbai.org.br/revistas/Vol296/ART_6_06_Guia_Pratico.pdf


 VOLTAR